sábado, 30 de maio de 2009

GOOGLE PESQUISA


ESTAMOS RECEBENDO DEPOIMENTOS SOBRE O G O O G L E e sua eficácia na Educação e na pesquisa; convido aos educadores e tecnólogos E USUÁRIOS EM GERAL a postarem suas opniões com idade e sexo .A pesquisa se deve ao fato de estarmos pesquisando para feito de publicação científica.PROF.PAULO A C VASCONCELOS -LAPIC ECA USP

Megaestrutura para a maratona de forró


Megaestrutura para a maratona de forró
Publicado em 29.05.2009, às 23h11
Do Jornal do Commercio
Paraibana Elba Ramalho é uma das atrações da abertura da festa, que promete contar com a presença da ministra Dilma Rousseff
Paraibana Elba Ramalho é uma das atrações da abertura da festa, que promete contar com a presença da ministra Dilma Rousseff
Foto: Divulgação

A partir das 21h deste sábado e nos próximos 40 dias, esta cidade do Agreste vai honrar o título de Capital do Forró. Os festejos juninos só terminam no dia 10 de julho, quando será comemorado o nascimento do Mestre Vitalino, homenageado do São João. A prefeitura está investindo R$ 6 milhões e promete uma festa voltada para a cultura nordestina. As principais atrações da noite de hoje são Elba Ramalho e Fagner. “Este ano Caruaru retoma o São João tradicional, descentralizado e com a valorização dos eventos de rua”, destaca o diretor da Fundação de Cultura da cidade Djair Vasconcelos.

O evento acontece em dez polos de animação. O principal é o Parque de Eventos Luiz Gonzaga, área de 40 mil metros quadrados e capacidade para 150 mil pessoas. Lá estão montados dois palcos para shows de artistas nacionais e regionais.

LEIA MAIS
» Caruaru divulga programação do "Novo São João"
» Dilma prestigia abertura do São João de Caruaru


No local, decorado com bonecos gigantes, balões e bandeirinhas, estão os camarotes e a Vila do Forró, com a tradicional igrejinha e restaurantes. Um dos espaços mais animados é o Forró do candeeiro (antigo Bigode dá nó em cocó), onde se pode dançar o autêntico forró pé de serra.

Uma das novidades este ano é o Arraial Vitalino, corredor com um quilômetro, onde fica a antiga Estação Ferroviária. Vai do Largo da Coletoria ao Parque de Eventos. No espaço, foi montada a Cidade São João do Carneirinho, espaço cenográfico infantil relacionado à cultura nordestina. Haverá oficinas de barro e de pífanos.
Ao longo do corredor, estão o polo da Feirinha de Caruaru, com artesanato e exposição de peças da família do Mestre Vitalino, e o polo das quadrilhas, onde os grupos se apresentam. No polo galpão das artes, o visitante poderá conferir a exposição Viva Vitalino, com 100 réplicas de obras do artista feitas pelos seus descendentes.

No Arraial Vitalino está montada a Praça dos Maiores, espaço reservado a réplicas das tradicionais comidas gigantes do São João, como pamonha, cuscuz e pé de moleque. No polo do maior coração do mundo ficam restaurantes que vão repassar 10% da renda para instituições filantrópicas.

O corredor das drilhas será palco para desfile de 11 quadrilhas irreverentes, na Avenida Agamenon Magalhães. Elas têm estrutura de blocos de Carnaval, cordão de isolamento e trios de forró. Passaram por mudança e terão que desfilar com indumentária típica.

Outro polo é o Alto do Moura, comunidade de artesãos a oito quilômetros do Centro, onde viveu Mestre Vitalino. Local abriga ateliês, Casa Museu Mestre Vitalino, restaurantes e apresentação de trios de forró, bacamarteiros e bandas de pífanos.

SEGURANÇA
O esquema de segurança terá 868 policiais trabalhando na festa. Uma torre de observação no centro do Parque de Eventos vai facilitar a ação dos policiais, que usarão detectores de metais em todas as entradas. “Queremos fazer um São João de paz, mas agiremos com rigor em caso de necessidade”, alerta o coronel Marcos Lira, comandante do Batalhão da Polícia Militar em Caruaru.

Confira a programação do São João de Caruaru:

30/05 - Hebert Lucena, Fagner, Elba Ramalho e Rei do Cangaço
31/05 - Caruforró, Limão com Mel e Fama Show
05/06 - Joana Angélica, Camarão, Aldemário Coelho e Maurício Ramalho
06/06 - Gilvan Neves, Alcymar Monteiro, Geraldinho Lins e Targino Godim
07/06 - Genaro e Walkiria, Glaucio Costa, Ed Carlos e Gean Souza
08/06 - Arraial da Rádio Farol FM
10/06 - Nordestinos do Forró e Didi de Caruaru
11/06 - Atrações gospel
12/06 - Walmir Silva, Nando Cordel, Banda Falamansa e Forró Kartucho
13/06 - Marlene do Forró,Genival lacerda, santanna e Mastruz com leite
14/06 - Renilda Cardoso, Azulão, Tom Oliveira e Dudu do Acordeon
15/06 - Festival do Violeiro
16/06 - Arraial da Rádio Farol FM
17/06 - Atrações a serem programadas por rádio ou TV
18/06 - Arraial da TV Asa Branca
19/06 - Irah caldeira, Território Nordestino, Luizinho de Irauçuba e Berinho e Banda
20/06 - Novinho da Paraíba, Petrúcio Amorim, Jorge de Altinho e Banda Magníficos
21/06 - Josildo Sá, Maciel Melo, Frank Aguiar e Zabumba Bacamarte
22/06 - Tropeiros do Forró e Forró Quentão
23/06 - Valdir Santos, Gilberto Gil, Ellifas Júnior e Chá de Zabumba
24/06 - Israel Filho, Amazan, Erisson Porto e Zé Ramalho
26/06 - Banda do Batista, Assisão, Sirano e Sirino e Nádia Maia
27/06 - Cheiro da Terra, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Banda Alternativa
28/06 - Karolinas com K, Cristina Amaral, Eliane e Soxote A
29/06 - Domingos Acioly, Waldonys, Flávio José e Cavalo de Pau
04/07 - Maria Lafaete, Almério e banda Zé do Estado, Alceu Valença e Pinga Fogo
10/07 - Petrúcio Amorim, Valdir Santos, Elifas Júnior e Geraldinho Lins
by jc on line Recife PE

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Os Estereótipos de José Padilha


O Filme de Padilha é preconceituoso e se finca na eterna miséria do Nordeste, que vende e da Ibope , Prêmios, até quando isto?
Afora isto quer milagre do BOLSA FAMÍLIA, sem aqui dizer que sou petista, pelo contrário.O que mais atinge é o estereótipo das imagens, a cor em preto e branco que traduzem a visão estética da pobreza sempre, sempre de um Nordeste mais amplo que não se pesquisa.
E porque não o Vale do Reibeira,o Vale do Jequetinhonha,a periferia das grandes cidades?
Paulo A C Vasconcelos

Uma história da leitura, de Alberto Manguel


Da Revista Rascunho

Um livro nunca se encerra. Nunca tem fim. Não existe apenas uma única vez. Ele é a história do leitor. Sempre. O autor inicia um processo que só tem continuidade com o outro, ou melhor, com os outros. E nós lemos o que somos e somos o que lemos. E, no final das contas, nessa "metáfora circular" autor e leitor tornam-se algo único. Um livro que se lê sobre a leitura. É nesse tom de conversa que Alberto Manguel nos fala sobre as suas leituras em Uma história da leitura: "uma história de leitura... só pode ser uma entre muitas, por mais impessoal que tente ser". Uma história da leitura é um belo exemplo de como um livro pode ser acadêmico sem ter uma linguagem que caminha pelas veias da imposição. Manguel utiliza uma linguagem de fácil acesso e sempre demonstrando suas idéias como possibilidades e nunca encerrando a interpretação em um único fim. O texto é tecido com o caráter pessoal do autor; ele faz questão de deixar claro que esse livro é o resultado de sua história da leitura, e não a única história. Há uma conscientização da leitura como a maior "invenção" dos homens. O livro traz sobriedade.



CARLOS MACHADO mora em Curitiba (PR). É escritor e professor de literatura. Autor de Balada de uma retina sul-americana, Nós da província: diálogo com o carbono, entre outros.
Visitem http://rascunho.rpc.com.br/index.php?ras=secao.php&modelo=2&secao=2&lista=1&subsecao=55&ordem=2606

No Brasil, SP,vice-presidente do Google


Vint Cerf (foto) é chamado de "pai da internet". Ao lado de Robert Kahn, ele criou na década de 1970 o TCP/IP, protocolo que permite a conexão de redes de tecnologias diferentes, adotado pela rede mundial. Atualmente vice-presidente do Google, Cerf falou hoje (28/5) sobre o futuro do jornalismo, entre outros temas, em São Paulo
by Estadão http://blog.estadao.com.br/blog/cruz/

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Curso Produção Editorial em Multimeios






A Universidade Anhembi Morumbi-através da Escola de Comunicação- nos informa através de sua Coordenadora -Profa.Ms.Maria José Rosolino que vai oferecer no próximo semestre o Curso Produção Editorial em Multimeios no Turno da Noite Campus Centro, tendo em vista a procura de mercado .
E mais , o curso através do projeto interdisciplinar de 4º período, realizado em 2008/2, ganhou o 2º lugar da VII Feira da Inovação. A premiação foi feita ontem, dia 26 de maio e a entrega dos “cheques” também.

Os produtos da Favela Atitude foram considerados pelos jurados altamente inovadores e criativos.

Cinema de São Paulo vai ter campeonato de games on-line




Equipes vão se enfrentar em 'Ragnarök' e 'Grand chase' neste sábado (30).
Sala terá 250 vagas para o público acompanhar as disputas.

Do G1, em São Paulo Globo
Partidas do RPG 'Ragnarök' serão transmitidas ao vivo em sala de cinema (Foto: Divulgação) Um cinema na cidade de São Paulo vai ser o palco de um campeonato de jogos on-line neste sábado (30). Equipes vão se enfrentar nos games "Ragnarök" e "Grand chase", em partidas que serão transmitidas ao vivo na tela.

A Level Up!, produtora dos jogos e organizadora do evento Game Experience, vai fornecer 250 ingressos para quem quiser assistir às disputas. Para ganhar uma entrada, você precisa comprar R$ 9,90 em créditos de jogos da produtora, disponíveis em cinco lan houses participantes. Esses créditos servem para a compra de itens nos jogos da empresa.

As oito equipes finalistas - quatro em cada jogo - foram definidas em eliminatórias no dia 23 de maio. As equipes vencedoras vão ganhar prêmios reais (fones de ouvido e placas de vídeo, entre outros) e virtuais (itens e pontos no universo dos respectivos jogos).




http://g1.globo.com/Noticias/Games/0,,MUL1169599-9666,00-CINEMA+DE+SAO+PAULO+VAI+TER+CAMPEONATO+DE+GAMES+ONLINE.html

terça-feira, 26 de maio de 2009


A Universidade Anhembi Morumbi vai oferecer no próximo semestre o Curso de Pedagogia no Turno da Tarde Vila Olímpia com preços diferenciados do Mercado. Levando muitos estudantes a este turno pelo valor das mensalidades.

Edineide Silva



A Psicóloga e Psicanalista Edineide Silva esteve no Encontro Nacional de Grupos de Apoio a Adoção, SP,onde apresentou trabalho a respeito da escuta das demandas dos pretendentes a adoção. Manteve contato em SP com os professores pesquisadores Paulo Vasconcelos e Aldo Ambrózio de desenvolver projeto de publicacãoo relativa a questao da família e Homoparentalidade. Ontem foi o dia Nacional da adoção e em dezenas de cidades estãoo sendo realizadas várias comemorações e debates para um maior conhecimento do processo adotivo e assim possibilitar que criancas e adolescentes abrigados possam ter o direito de ter uma convivëncia familiar e comunitária.

Radio da Argentina on line



http://www.ustream.tv/channel/RadioWeb-LATITUD34
TIM THOMAS TAL COMOSOMOS

Escutem e falem com ele.
Muito bom programa!!!!!!!!!

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Guilherme Wisnik lança livro


Guilherme Wisnik lança livro com textos publicados no caderno Ilustrada



O arquiteto e ensaísta Guilherme Wisnik lança na próxima quarta-feira (27) o livro "Estado Crítico: À Deriva nas Cidades", na Livraria Cultura - Conjunto Nacional, em São Paulo. Este é o segundo livro que o autor publica pela Publifolha.
da Folha Online
http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u569545.shtml

domingo, 24 de maio de 2009

Filme: VIDA DE DALI COM ANTONIO BANDERAS


Está havendo problemas para financiamento e finalização dos termos da obra face a dissenções ideológicas entre Banderas e a Fundação Dali..A direção é de Simon West.PACV
by El Clarin

A grande Blogueira Cubana Yona Sánchez



Conheci-a por uma aluna da FESP Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo que trabalha com midias e Cuba, sensacional o trabalho dela.PAULO ACV


A blogueira que rachou a ilha de Fidel

A história da cubana Yoani Sánchez é contada pelo jornalista Sandro Vaia
Luiz Zanin OricchioTamanho do texto? A A A A
Em muito pouco tempo a cubana Yoani Sánchez saltou do anonimato à condição de uma das pessoas mais conhecidas na rede mundial de computadores. Conseguiu o feito graças à mais democrática das ferramentas da web, um blog pessoal. Mas não pense que Yoani é apenas mais uma celebridade instantânea, que conseguiu fama com a prática comum da autoexposição. Nada disso. Ela é uma moça casada, mãe de um filho, mora em Havana e usa seu blog como ferramenta de resistência. Quem conta essa história é o jornalista Sandro Vaia, ex-diretor de Redação de O Estado de S. Paulo em seu livro A Ilha Roubada - Yoani, a Blogueira Que Abalou Cuba (Barcarolla, 180 págs., R$ 32). O lançamento será na terça-feira, das 18h30 às 21h30, na Livraria Cultura Loja de Artes no Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2.073, tel. 3170-4033).

Para colher material para o livro, Sandro foi a Cuba, onde conversou não apenas com a blogueira, como conta em entrevista ao Estado: "Eu fiquei quase um mês só em Havana e falei com muitas pessoas comuns, do povo, convivi com várias delas, visitei casas de famílias, falei com o embaixador do Brasil, Bernardo Pericás, falei com empregados na área de serviços, funcionários do comércio,vendedores clandestinos de charutos, pintores e músicos de rua, donos de paladares, os restaurantes privados, mas não usei nenhum testemunho ou depoimento." A ideia é que a realidade cubana fornecesse apenas um pano de fundo. E que o foco fosse colocado na figura principal, a blogueira solitária.

Yoani, motivo desse esforço de reportagem, mora num apartamento modesto em Centro Havana, bairro pobre da capital cubana. É lá que pensa e escreve esse blog (http://desdecuba.com/generaciony) de posts simples, breves, que falam do seu cotidiano na ilha de Fidel e Raúl. Ou seja, relata as dificuldades de sobreviver, de marcar uma consulta médica, deslocar-se pela cidade e pelo país. Tal simplicidade, direta e sem rodeios, atingiu o alvo de maneira extraordinária. Como diz Sandro Vaia, talvez Yoani seja hoje a blogueira mais conhecida do planeta. O blog começou de forma modesta em abril de 2007 e hoje alguns dos seus posts recebem até 6 mil comentários, o que deve ser recorde de popularidade. A média de comentários gira em torno de 2 mil por post. É o sonho de consumo de qualquer blogueiro.

Mas colocar esse blog no ar é, literalmente, uma operação de guerra. Como na ilha a internet é controlada, Yoani não tem acesso ao próprio blog. Para postar, ela escreve o texto em um computador sem conexão com a internet. Salva o texto num disquete, vai até um hotel ou lan house e o envia por e-mail a amigos. Estes o traduzem em vários idiomas e mandam o texto para o servidor, hospedado fora de Cuba. São esses amigos internacionais que administram os comentários e mandam uma versão condensada para que Yoani os leia.
Leia no estadão http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090524/not_imp375908,0.php

O BLOG http://desdecuba.com/generaciony/

Filha de líder cubano luta contra homofobia Mariela contesta o pai, Raúl Castro, e tenta romper políticas contra homossexuais adotadas pela revolução


A situação dos homossexuais em Cuba sempre foi algo repudido odiado em Cuba, apesar de que no anonimato eles sempre atuavam e passeavam em festas pela Havana Velha além de se misturarem aos Cultos Afro em Cuba, agora a coisa parece que tem mais fôlego.PAulo AC V


Filha de líder cubano luta contra homofobia
Mariela contesta o pai, Raúl Castro, e tenta romper políticas contra homossexuais adotadas pela revolução
Renata MirandaTamanho do texto? A A A A
A bandeira do arco-íris estampada no broche que a sexóloga cubana Mariela leva no peito é um afronta para o governo da ilha. Defensora de direitos iguais para homossexuais e ferrenha crítica das políticas homofóbicas adotadas pelo Estado, Mariela poderia ser apenas mais uma das muitas pessoas que criticam o regime, não fosse um pequeno detalhe: ela carrega o sobrenome Castro, é sobrinha de Fidel e filha do presidente, Raúl.

A reivindicação de Mariela é simples, mas complexa para os padrões históricos de Cuba - onde, nos anos 60, os homossexuais eram classificados como "contrarrevolucionários" e chegaram a ser confinados ou executados no "paredón".

"Há muito preconceito em nossas instituições militares com relação aos homossexuais", afirmou Mariela, de 46 anos, que também é diretora do Centro Nacional de Educação Sexual (Cenesex). "Essa é uma velha discussão na qual eu ainda não consegui avançar com meu pai."
By Estadão

Músicos de Bob Marley fazem show em Olinda

Saudades de Bob Marley!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Músicos de Bob Marley fazem show em Olinda
Publicado em 22.05.2009, às 18h32
José Teles Do Jornal do Commercio
Banda se apresenta domingo, no Mercado Eufrásio Barbosa
Banda se apresenta domingo, no Mercado Eufrásio Barbosa
Foto: Divulgação

Bob Marley morreu há 28 anos, mas sua música e sua mística continuam mais vivas do que nunca. Que o digam os músicos que fizeram parte dos Wailers, a banda que o acompanhava. Neste domingo, no Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda, parte destes músicos são a atração principal de uma festa de reggae que terá também Manga Rosa, Raiz DuBem e DJ Hal + Zeroneutro.

Junior Marvin (vocal e guitarra), Al Anderson (vocal e guitarra) e Earl “Wya” Lindo (teclados) são os três integrantes que tocaram e gravaram com o Rei do Reggae. Desde o ano passado eles dividem a atenção dos fãs de Marley com a The Wailers. Depois do falecimento de Bob Marley a banda continuou, com Aston Family Man Barrett e Junior Marvin dividindo a liderança da banda (tocaram no Geraldão em 1991, com Os Paralamas do Sucesso).

» Confira outras opções de shows e festas

Em 1997, o guitarrista Junior Marvin, que entrou nos Wailers em 1977 saiu do grupo, chegou a voltar em 2005, mas por pouco tempo. Em 2008, com Al Anderson e Earl “Wya” Lindo, que entraram nos Wailers no começo dos anos 70, ele formou uma nova banda. Como o baixista Aston Family Man Barrett detém os direitos do nome The Wailers, eles acrescentaram o “Original”. Dos três, Junior Marvin foi o último a entrar nos Wailers, mas logo era um dos principais integrantes do grupo com direito a vocal solo ainda na época de Bob Marley. Quando deixou os Wailers, Marvin veio morar em Goiânia (GO), casou com uma brasileira (com quem tem um filho), mas logo voltaria à Inglaterra, e retomaria a carreira, de um dos mais aclamados guitarristas, e não apenas do reggae. ele já tocou com Ike & Tina Turner, Steve Winwood, e Stevie Wonder.

O sisudo Junior Marvin concordou em ser entrevistado por e-mail, embora com respostas lacônicas.

JORNAL DO COMMERCIO – Senhor Junior Marvin quando começou a tocar com Bob Marley imaginaria que iria cantar aquelas canções por tantos anos?
JUNIOR MARVIN – Devo admitir que os anos se passaram muito rápidos. Acredito que estas canções vão ficar para sempre.

JC - Qual destas grandes canções não podem faltar em todos concertos do grupo?
Junior Marvin – Não tem nenhuma especial, procuramos cantar tantas quanto forem possíveis a cada noite. O show demora quase duas horas.

JC - No repertório do Original Wailers vocês tocam apenas composições de Bob Marley, ou irão incluir algumas de seu disco solo?
Junior Marvin – Temos algumas canções novas que vamos apresentar, de um álbum que estamos gravando, para ser lançado no ano que vem.

JC – Como uma lenda do reggae, o que diria do reggae que é feito mundo afora? Por exemplo, o reggae brasileiro.
Junior Marvin – Sim, gosto, especialmente da forma como muitas bandas brasileiras incorporam o reggae ao som delas.

JC - A propósito, na Jamaica o reggae de raízes continua forte?
Junior Marvin – Sim, ele sempre será forte na Jamaica.

JC – Por que o senhor, Earl “Wya” Lindo e Al Anderson deixaram os Wailers? Alguma desavença com Aston Family Man Barrett?
Junior Marvin – Sim, a gente andou se desentendendo com Aston, porém preferimos não falar mal de ninguém.

JC – The Original Wailers, The Wailers, cada qual tem seus próprios fãs, ou eles gostam de ambas?
Junior Marvin – Dependendo da gente, os fãs têm toda liberdade, podem assistir às duas bandas.

JC – Vocês estão na primeira turnê mundial dos Original Wailers, como está sendo até agora?
Junior Marvin - Está sendo muito legal - fizemos os Estados Unidos, América do Sul, e em junho iremos para a Europa.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Morre o músico Zé Rodrix, aos 61 anos, em São Paulo

Sentiremos sua falta, atuante na MPB anos 70 e 80 e publicitário.Lamentamos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
PACV



Morre o músico Zé Rodrix, aos 61 anos, em São Paulo


da Folha Online

O cantor e compositor Zé Rodrix, 61, morreu na madrugada desta sexta-feira (22), em São Paulo. O músico se sentiu mal em casa e foi levado às pressas ao Hospital das Clínicas. O hospital ainda não confirmou a causa da morte.

Veja imagens da carreira de Zé Rodrix
Saiba mais sobre a carreira de Zé Rodrix
Ouça sucessos do cantor e compositor
Drika Bourquim/Divulgação
Zé Rodrix ganhou destaque na música durante a década de 70, ao lado de Sá e Guarabyra
Zé Rodrix ganhou destaque na música durante a década de 70, ao lado de Sá e Guarabyra

A assessoria de imprensa do hospital afirma que o músico deu entrada às 0h30 e morreu às 0h45. A causa da morte ainda não foi informada.

Rodrix, cujo nome de batismo é José Rodrigues Trindade, apareceu para o grande público em 1967, em um festival da Record.

Sua carreira ganhou destaque nos anos 70, quando trabalhou com o grupo Som Imaginário --banda criada para acompanhar uma turnê de Milton Nascimento-- e ao lado dos músicos Sá e Guarabyra. O trio se transformou em ícone do chamado "rock rural".

Entre as canções mais famosas de Zé Rodrix estão "Casa no Campo", famosa na voz de Elis Regina, "Mestre Jonas" e "Soy Latino Americano".

Nas décadas de 80 e 90, Rodrix abandonou a carreira musical para se dedicar à publicidade.

Em 2001, voltou a se reunir com os companheiros Sá e Guarabyra para uma apresentação do "Rock in Rio". No mesmo ano, o trio lançou um DVD ao vivo, reunindo seus maiores sucessos: "Sá, Rodrix & Guarabyra: Outra Vez Na Estrada - Ao Vivo".
BY FOLHA

quinta-feira, 21 de maio de 2009

BURBURINHO EM BRASÍLIA:3º mandato de LULA OU


PALLOCI?
SERÁ?
EPA!!!!!!!!É LOUCURA DAS GRANDES, MAS TUDO PODE , TUDO COLLOR ESTÁ COM LULA E AI?
Pois mesmo com Dilma 22% e Serra 40% pesquisa encomendada pelo pt ao Vox Populi
Base aliada se movimenta com medo de Dilma não conseguir entrar na campanha face a doença e o trabalho duro de campanha presindencial.
Jackson Barreto quer propor referendu!
Por sua vez pmdb e pt se articulam.
E haja Fôlego
Paulo AC V

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Festival Internacional de Medellín


Sesenta E cinco poetas de 43 países estarão no Festival Internacional de Medellín.
Os cenários del XIX Festival Internacional de Poesía da cidade colombiana de Medellín abrigarão outra vez a partir de próximo 4 de julho poetas e artistas de todo o mundo.

CONVOCATÓRIA.A revista de poesia "Prometeo"já lançou a nova convocatória para o festival na cidade mais violenta e poética da Colômbia.

http://www.festivaldepoesiademedellin.org/pub.php/es/Revista/ultimas_ediciones/81_82/willer.html


Los escritores proceden de cuatro continentes, y sobre ellos descansará una programación que se extenderá a doce ciudades del país y que comprende un total de 136 actividades, entre recitales, talleres, cursos y conferencias.

Galardonado en 2006 con el "Premio Nobel Alternativo" y considerado el festival literario "más multitudinario del mundo", el encuentro de Medellín ofrecerá esta vez 94 lecturas colectivas de poemas y 13 individuales.

Además, ha previsto quince talleres de poesía, diez conferencias dentro de la XIII Escuela Internacional de Poesía de Medellín, que se realiza de forma paralela, y cinco cursos, todos ellos, como los recitales, de libre y gratuito acceso.

También declarado Patrimonio Cultural de la Nación, el Festival Internacional de Poesía de Medellín ha dado lugar a la fundación de encuentros similares en Argentina, El Salvador, San José, Caracas, San Juan y Nueva Zelanda, además del Festival Itinerante de Poesía de África.

La cita "es una expresión de la lucha contra la guerra, por la libertad de creación, de pensamiento y de reunión", manifestó el comité organizador del encuentro poético en una declaración facilitada a la agencia EFE en Bogotá.

"En esta ruta repudia los ataques contra la libertad de expresión de la ultraderecha colombiana que pretenden vincularlo torpemente, junto a otras fuerzas de la oposición colombiana, a los actos de la insurgencia", agregó.

La reunión poética de Medellín, fundada por la Revista Prometeo, "ha manifestado a través de sus casi dos décadas de historia su profunda solidaridad con el sufrimiento del pueblo colombiano, víctima de una guerra civil de cinco décadas", continuaron los organizadores.

En este contexto, puntualizaron que la trayectoria del Festival, que "no puede vincularse ni a la insurgencia ni a la guerra, sino a la ardiente obsesión por la paz, la belleza y la dignidad", otorga a sus responsables la energía para seguir "en la búsqueda de un nuevo país y de un tiempo, nuevo y generoso para la vida, el sueño antiguo y nuevo de la inmemorial poesía".

El Festival de Medellín, que ha reunido en su historia a 863 poetas de 143 países, es apoyado por la alcaldía de la ciudad, el Ministerio de Cultura, los Gobiernos de Suiza y de Alemania, y las embajadas en Bogotá de España, Francia, Italia y Suecia.

PERIFERIA DA ARTE

PERIFERIA DA ARTE

O mascate da pintura



O ex-árbitro de futebol Edson Bernardo Pereira abandonou a profissão para se dedicar exclusivamente ao projeto de sair pelo Nordeste divulgando sua pintura numa carroça puxada a cavalo. Hoje o Carroçarte já passou por 115 cidades da região, percorrendo 2.100 km.
por ISABELLE FIGUEIRÔA
do JC ONLINE

A carroça do ex-árbitro de futebol Edson Bernardo Pereira, 47 anos, é cheia. Em vez de frutas, verduras, móveis ou até mesmo entulho, o lugar é ocupado por telas de pinturas. Obras assinadas por Ed´Bernardo, como o ex-árbitro é conhecido desde que abandonou a profissão em 2005 e passou a se dedicar exclusivamente às artes plásticas, aprendendo sozinho novos traços e amadurecendo as idéias do projeto Carroçarte. Hoje, ele já percorreu de forma independente 2.100 km, divulgando sua arte em 115 cidades do Nordeste.

Será que nao haverá um terceiro mandato de LULA?



OU ELE SAIRÁ VICE- DE ALGUÉM? E COMO SERÁ ISSO?
COM O ESTADO DE SAÚDE DA MINISTRA A COISA ENGASGA E AGORA?
QUEM DO PT TEM ESSA BOLA TODA PARA ENFRENTAR UMA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL?

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Novo Wolfram Alpha e seus competidores -Google e Yahoo


Será que vai conseguir competir com os demais -GOOGLE E YAHOO? VEREMOS!!!!!!!!!!!!!!!!ainda mais com as recentes propostas do Google e Yahoo em parceiras ,já que o yahoo nao decide- se a venda. paulo a c v

Wolfram Alpha: o motor de busca que responde a perguntas está disponível
18.05.2009 - 12h04 Susana Almeida Ribeiro
Há quem diga que se trata do futuro da pesquisa online: oferecer informação factual, extraída do manacial de páginas da Web e apresentada de forma simples. O inovador motor de busca está em funcionamento e já provou a sua eficácia, tendo recebido elogios generalizados durante as primeiras 24 horas de funcionamento.

O Wolfram Alpha difere do Google e dos restantes motores de busca porque responde a perguntas concretas, em vez de elencar as páginas de Internet onde os utilizadores podem ir buscar informação relacionada com as palavras de pesquisa.

O PÚBLICO testou o Wolfram Alpha inserindo uma pergunta simples: “How old is Manoel de Oliveira?”. A resposta não se fez esperar: “100 years 5 months 7 days”. Testamos a mesma pergunta em português, mas não obtivemos resultados.

Depois de feita uma pergunta, o sistema processa as respostas recolhendo dados de várias páginas e bases que contenham unicamente informação relevante para essa pergunta em concreto.

Compreender o conteúdo das páginas (em vez de procurar apenas palavras-chave) e das perguntas do utilizador é apontado por muitos analistas como o futuro da pesquisa na Internet e tanto a Google como o Yahoo têm cientistas a trabalhar nesta área.

Este projecto, que há muito vinha a gerar algum “hype” na blogosfera especializada, foi oficialmente apresentado a 30 de Abril na Universidade de Harvard (EUA).

O projeto – da autoria do físico Stephen Wolfram, com base num sistema de algoritmos matemáticos – pode ser descrito como uma intersecção entre análise de conteúdos e as buscas genéricas na net. Aquilo que o Wolfram Alpha faz é dar uma resposta, em vez de remeter para potenciais respostas. “Tenta dar-nos informação útil com base naquilo que consegue processar”, disse Wolfram. “O objectivo é dar a toda a gente acesso a explicações ao nível de um perito”.

É possível que, futuramente, o Wolfram Alpha venha a competir com o Google ou com serviços como a Wikipedia.

O projecto foi mesmo apelidado por alguns de “assassino do Google”, mas Stephen Wolfram desdramatizou a possibilidade, afirmando apenas que a sua ferramenta irá permitir que as pessoas retirem mais informação da web. Os testes finais do Stephen Wolfram decorreram este fim-de-semana, antes do lançamento oficial.

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1381333

Morre o escritor uruguaio Mário Benedetti, aos 88 anos


É com pesar que o mundo literário Latino Americano e Mundial perde um grande escritor de peso e comprometido com o fazer literário e como sabor de America Latina.Conhecido mundialmente e agraciado com prêmios e reonhecimento no mundo das letras.PAULO A C V

MONTEVIDÉU - O escritor uruguaio Mario Benedetti morreu neste domingo, 17, em Montevidéu aos 88 anos, informaram à Agência Efe fontes ligadas à família do autor. Benedetti, que tinha um estado de saúde bastante delicado, estava em sua casa, na capital uruguaia, quando morreu.
No ano passado, o escritor foi hospitalizado quatro vezes em Montevidéu devido a diversos problemas físicos.

A primeira vez foi entre janeiro e fevereiro de 2008, após sofrer uma enterocolite que fez com que ficasse desidratado. Já em março ele foi internado com problemas respiratórios, enquanto a terceira vez se deu em maio do ano passado por causa de um quadro clínico instável geral.
Benedetti escreveu mais de 80 livros de poesia, romances, contos e ensaios, assim como roteiros para cinema. Ele já recebeu os prêmios Ibero-americano José Martí (2001) e Internacional Menéndez Pelayo (2005).
A última obra publicada, o poemário "Testigo de uno mismo", foi apresentada em agosto do ano passado.
Antes da última entrada no hospital, Benedetti estava trabalhando em um novo livro de poesia cujo título provisório é "Biografía para encontrarme".
Já há algum tempo o famoso escritor não se apresentava em público e concedia poucas entrevistas à imprensa, mas continuava trabalhando em suas obras diretamente de Montevidéu.
No ano passado, publicou "Testemunha de um mesmo", e em setembro disse a jornalistas que estava terminando um livro de poesias chamado "Biografia para encontrar-me".
Sua carreira literária começou em 1949 e chegou a fama sete anos depois ao publicar "Poemas de escritório", sobre a rotina de trabalho. Desde 1992, tem lançado quase uma obra por ano.

Estadão http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,morre-o-escritor-uruguaio-mario-benedetti-aos-88-anos,372404,0.htm(Com agências internacionais)

domingo, 17 de maio de 2009

Novidades no site do lapic-Eca usp


http://www.eca.usp.br/nucleos/lapic/

Vejam novidades no site do lapic:
- audio com entrevista dada à rádio MEC sobre o livro o cotidiano infantil violento ;
- links para videos relativos à infância, e à infância e mídia.
Por Prod Dr Claudemir Viana

Metropolis, de Fritz Lang recuperado


A Cidade de Buenos Aires firmou um convênio com a Fundação Friedrich-Wilhelm-Murnau da Alemanha para a restauração do filme Metropolis, de Fritz Lang.

Esta fundação, com sede na cidade alemã de Wiesbaden, tem os direitos sobre Metrópolis e outros filmes dirigidos por Lang e é encarregada de preservar o patrimônio histórico do cinema alemão.
By Revista Ñ El clarin

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Flip divulga programação e homenageia Manuel Bandeira

Ingressos para a 7ª edição da Festa Literária de Paraty serão vendidos a partir de 1 de junho

SÃO PAULO - A Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) divulgou nesta quinta-feira, 14, a programação da sétima edição do evento, que acontece entre os dias 1 e 5 de julho. Participam neste ano 35 autores reunidos em 18 mesas, entre eles o jornalista americano Gay Talese, o escritor português António Lobo Antunes, a ganhadora do Booker Prize de 2007, a irlandesa Anne Enright e o americano Tobias Wolff, um dos principais contistas da atualidade.

Veja também:
Confira a lista de mesas literárias

A venda de ingressos começa a partir de 1 de junho pelo site, pelo telefone 4003-1212 e nos pontos-de-venda da Ingresso Rápido. A partir do dia 1 de julho, os ingressos serão vendidos apenas na bilheteria da Flip, em Paraty.

Além do blog e do canal no YouTube , a Flip também divulgará no Twitter informações dos escritores convidados, autores homenageados, programação, agenda de eventos, entre outros assuntos. Trechos das mesas da programação oficial serão disponibilizados na internet.

Serviço:

Preços
Conferência de Abertura (Tenda dos Autores): R$ 30
Show de Abertura (Tenda do Telão): R$ 30
Mesas Literárias (Tenda dos Autores): R$ 30
Transmissão das Mesas Literárias (ao vivo, Tenda do Telão): R$ 10
Eventos da FLIP Casa da Cultura (ingressos vendidos apenas em Paraty, durante a FLIP): R$ 10

Televendas
Número nacional: 4003-1212
Horário de atendimento:
De segunda a sábado das 9h às 22h (exceto no primeiro dia, quando o serviço começa às 10h)
Domingos e feriados das 11h às 19h

Pontos-de-venda da Ingresso Rápido
São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Joinville, Salvador, Vitória, Brasília, Goiânia, Porto Alegre e Belo Horizonte.
Consulte endereços no site da Ingresso Rápido.

Ponto-de-venda em Paraty
Paraty Tours: 24) 3371-1327 (apenas para moradores de Paraty mediante comprovante de residência)

Limite de ingressos
Para cada mesa, há limite de dois ingressos por pessoa (de acordo com o CPF do comprador)

by estadão

Fotobiografia de Clarice Lispector tem lançamento em Lisboa Lançado pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e pela Edusp em 2008, Clarice Fotob


Fotobiografia de Clarice Lispector tem lançamento em Lisboa
Lançado pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e pela Edusp em 2008, Clarice Fotobiografia chega à segunda edição e terá lançamento na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, durante o I Colóquio Clarice Lispector. Marcado para os dias 1º e 2 de abril, o encontro contará com Nádia Battella Gotlib, autora da obra, como palestrante. Uma exposição com 20 imagens do livro ficará aberta ao público até o dia 1º de maio.
by Continente Cultural Recif Pe.

Inscrições abertas para o prêmio Jabuti O prêmio Jabuti é hoje o mais importante prêmio literário do país. Surgido em 1959, autores como Jorge Amad


Inscrições abertas para o prêmio Jabuti

O prêmio Jabuti é hoje o mais importante prêmio literário do país. Surgido em 1959, autores como Jorge Amado (foto), Clarice Lispector, Cecília Meirelles, Dalton Trevisan, Antônio Cândido, entre outros, já receberam a láurea. Integram a premiação, 50 anos depois de sua primeira edição, 21 categorias: desde traduções, passando por paradidáticos, poesias, contos e romances. Para a edição 2009, as inscrições já estão abertas. Todos os escritores, vinculados a grandes editoras ou independentes, tradutores, ilustradores, produtores gráficos e designers podem participar. A inscrição é feita através do site www.cbl.org.br/jabuti/telas/inscricao. O prazo máximo para os que desejam se inscrever é o dia 29 de maio. O prêmio Jabuti é concedido pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), e ajuda a redimensionar o alcance de uma obra dentro e fora do Brasil.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Senado francês aprova lei contra download ilegal by Estadão

Onde está a Democracia da Web , na visão do Sr.Pierre Levy.Será que ele previu o poder disciplinar do capitalismo?


Senado francês aprova lei contra download ilegal
Usários que forem pegos fazendo pirataria poderão ter o acesso à internet cortado

AP
Projeto foi aprovado por 292 votos a 233, com apoio do presidente Nicolas Sarkozy PARIS - O Senado da França deu aprovação final a uma lei que dá ao Estado direito de punir pessoas que fizerem download ilegal de músicas e filmes, cortando suas conexões com a internet. A lei criará o que deve ser a primeira agência governamental para reprimir piratas na rede. O projeto foi aprovado por 296 votos a 233, depois de ter passado, nesta terça, pela Câmara baixa do Parlamento francês.

Mas o futuro da lei é incerto, já que uma medida do Parlamento Europeu deve proibir a interrupção da conexão de internet sem a ordem de um tribunal. Uma versão final da medida ainda precisa ser negociada no Conselho Europeu. Se aprovada, a lei que vai abranger toda a Europa vai contradizer a legislação francesa. A indústria do entretenimento saudou a medida francesa, apoiada pelo presidente Nicolas Sarkozy. Militantes do direito pela privacidade se manifestaram contra o projeto.

As vendas de CDs e DVDs na França afundaram em mais de 60% nos últimos anos. A medida, ´também apoiada pela ministra da Cultura, Christine Albanel, introduz o conceito de 'resposta gradativa' para quem piratear música e filmes na rede. Os avisos começariam com dois e-mails, seguidos de uma carta. Se o usuário continuar a piratear mídia dentro de um ano, seu acesso a Internet poderá ser cortado por dois meses a um ano - e o usuário deverá continuar pagando pelo serviço.

Críticos alegam que a lei atinge o ponto errado, tendo como alvo o download tradicional numa época em que o streaming está se tornando comum. Além disso, usuários conectados em hotsposts Wi-Fi público ou com IP mascarado seriam, em tese, impossíveis de rastrear.

"A lei é ineficaz, inaplicável e perigosa", disse Jeremie Zimmerman, que comanda um grupo francês de liberdade na internet.

O mesmo projeto foi vetado no dia 9 de abril, quando apenas 5 senadores compareceram à votação - o que representou uma vergonha para Sarkozy, que tinha estabelecido a passagem dessa lei como uma prioridade.

http://www.estadao.com.br/noticias/geral,senado-frances-aprova-lei-contra-download-ilegal,370295,0.htm

Dos desdobramentos do pós-guerra à fabricação do caos na literatura, está em jogo a crise da representação na nova ficção norte-americana


A Edição do mês esta sensacional.Revista Cult

EU RECOMENDO !!!!!!! Leitura Suave e séria do Argentino-Nestor Garcia Canclini- radicado no México


Vale a pena ler e ver os bastidores do mundo editorial e da Indústria Cultural!!!!!!!!!!!!!Aliás a leitura deste autor nunca é decepcionante.PauloACV


O autor examina as fusões entre empresas dedicadas à produção de livros, mensagens audiovisuais e eletrônicas e investiga, em particular, os novos hábitos culturais. Breves artigos plenos de humor, ordenados como num dicionário, interagem à maneira de um hipertexto para redefinir, não apenas o que é ser leitor, espectador e internauta, como o modo pelo qual agora somos cidadãos culturais, nos relacionamos com o patrimônio, os museus e as marcas e para onde vai a pirataria, o zapping e os usos do corpo.
Néstor García Canclini recebeu o Book Award da Latin American Studies Association pelo livro Culturas híbridas, considerado em 2002 o melhor livro sobre a América Latina. Nos últimos anos seus temas de estudo são os novos hábitos culturais e as relações entre estética e antropologia. Publicou, pela Iuminuras, os livros A globalização imaginada (2003) e Latino-americanos à procura de um lugar neste século (2008).

terça-feira, 12 de maio de 2009

Onde Anda ?


Nacha Guevara Cantora-Cantante argentina de sucesso nos anos setenta?
Voz incrível performance perfeita , aonde está?

segunda-feira, 11 de maio de 2009

MS libera Windows 7 de graça por 13 meses


A Microsoft anda temendo seus concorrentes, que acham?Paulo acv

MS libera Windows 7 de graça por 13 meses
EVELSON DE FREITAS/AE

PILOTANDO - O Panelinha tem um estúdio próprio, que foi reformado para o oitavo aniversário do site
A versão disponível para download do sistema operacional da Microsoft mescla as vantagens do Vista e do XP

LUCAS PRETTI

Softwares online se reproduzem com velocidade na internet. Entusiastas de programas livres e gratuitos se espalham pelo globo. Veem-se mais e mais casos em que a faceta criminosa da pirataria é relativizada em nome da cultura livre. O mundo da internet está mudando o mundo da computação.
Nesta semana, mais um marco dessa trajetória: a Microsoft liberou a versão “quase final’ do novo Windows de graça por mais de um ano.

O Link já falou sobre o Windows 7, o substituto do Vista, em duas outras reportagens. Uma no lançamento do programa, na feira CES deste ano, em Las Vegas (tinyurl.com/ohh5o9), outra para testar o recurso de telas sensíveis ao toque (tinyurl.com/pgxlao), uma das novidades do sistema. Agora, a notícia é que qualquer um pode testar o Windows 7 na própria máquina.

Não é a primeira vez que a Microsoft libera um sistema para testes antes da hora, mas é inédito o tempo dado para isso: 13 meses. O Windows 7 vai parar de funcionar em 1 de junho de 2010 (e desligar a cada duas horas a partir de março). Outra data importante: os downloads só ficarão disponíveis até julho, no endereço www.microsoft.com/windows/windows-7/download.aspx.


Mas por que é vantajoso instalar agora? Primeiro, porque é um sistema promissor, uma mescla – com avanços – das qualidades do Vista e do XP (veja abaixo). Segundo, porque é mais rápido do que o Vista e pode fazer diferença em computadores não tão potentes. Terceiro, porque evita a pirataria para quem não tem Windows original instalado na máquina.

Apesar de a Microsoft negar, o Windows Vista teve aceitação problemática desde o lançamento, por problemas de compatibilidade com programas antigos e de lentidão. Para rodá-lo com qualidade, é preciso de pelo menos 2 GB de memória RAM e um processador de dois núcleos, especificações acima da maioria dos PCs.

“O foco do Windows 7 é a compatibilidade. Nossos clientes pediram para sermos simples, e agora estamos sendo”, diz o gerente de produto da Microsoft Brasil, Ricardo Wagner.

Para evitar o trauma do Vista e abraçar a tendência de netbooks, a Microsoft já anunciou uma versão do Windows 7 desenhada para os laptops pequeninos. Será o fim do XP, de vez. COLABOROU JOCELYN AURICCHIO

by Link Estadão

CONTARDO CALLIGARIS 60 anos, escritor e psicanalista ‘Não há distinção entre real e virtual’

Incrível, alarmante o que diz Contardo, leiam:(pauloacv)CONTARDO CALLIGARIS 60 anos, escritor e psicanalista
‘Não há distinção entre real e virtual’
EVELSON DE FREITAS/AE

PILOTANDO - O Panelinha tem um estúdio próprio, que foi reformado para o oitavo aniversário do site
Para autor de peça que traz web como realizadora de fantasias, na rede, não assumimos um papel, somos nós mesmos

RODRIGO MARTINS

As relações afetivas construídas na internet e a forma como nos mostramos nas redes sociais não são nada virtuais. Ao contrário, são muito reais. Psicanalista que figura entre os mais famosos no Brasil, Contardo Calligaris vai contra discursos que diferenciam relacionamentos ou atitudes na rede dos realizados no mundo “físico”. Para ele, amizades ou romances mantidos na web valem o mesmo que os mantidos fora dela. E comportamentos muitas vezes exóticos assumidos virtualmente são só o reflexo de características já existentes no indivíduo.

O papo pode parecer muito cabeça para o leitor. É mesmo. Mas na conversa com o Link, Calligaris destrincha o assunto, que lhe inquietou a ponto de servir de material para escrever sua primeira peça de teatro. Além de psicanalista, ele é escritor, colunista da Folha de S. Paulo e agora dramaturgo. E assina o texto do espetáculo O Homem da Tarja Preta, em cartaz em São Paulo, no qual retrata um homem casado e pai de duas filhas que, na madrugada, assume o papel de travesti em chats (veja mais abaixo).

Calligaris assume que a peça chega a chocar. Mas diz que é sintoma da web hoje. “Esse foi um dos grandes efeitos civilizatórios da rede. Antes dela, um cara que tivesse uma fantasia desse tipo se sentiria um monstro que precisava de tratamento, pois julgava que só ele tinha isso. E mudou. Na internet, descobre que milhares de pessoas vivem as mesmas fantasias que ele, vê que não está só.”

Diz o psicanalista que isso não é somente para fantasias sexuais. Vale para colecionadores de relógios antigos, quem gosta de botões, enfim, tudo o que pode fascinar um indivíduo e que ele deixa escondido por medo de não ser aceito. É justamente aí que entra a questão de o personagem no mundo virtual não ser um personagem, mas o mesmo indivíduo do mundo real.

Para Calligaris, o homem que se oferece na web como travesti para machões, na verdade, é tão real como o homem que é casado e pai de dois filhos. “Acontece que ninguém se mostra por inteiro para ninguém. Todo mundo tem diferentes facetas para certos momentos. Mesmo as esposas não sabem tudo de seus maridos”, diz ele, depois usando o repórter como exemplo: “Você entrou aqui, se apresentou como Rodrigo, vi que tinha barba, cabelo estilo anos 60, mas não sei da sua vida, se pratica sexo no Ibirapuera à noite, por exemplo.”

É para essas coisas que se escondem na personalidade, afirma, que a web entra de forma libertária, quando o sujeito encontra outras pessoas que compartilham traços. Nos e-mails que recebe pela sua coluna, por exemplo, Calligaris diz que alguns trazem ofensas, até com palavras de baixo calão. “Pessoalmente, o sujeito não diria isso. Mas na web se sente à vontade, pois já está acostumado com o espírito.”

A mesma coisa pode ser notada nas celebridades que surgem na rede mundial, como a maior-cantora-do-último-mês, Susan Boyle, que apareceu em um programa de calouros do Reino Unido e recebeu milhões de visitas no YouTube. “Na rede, as pessoas colocam facetas que esconderiam. É o melhor lugar para mostrar o seu talento. Se não der em nada, não deu.”

Da mesma forma como as ações, as relações que nascem na rede não são virtuais, defende. Mesmo com o mito de que se mente mais na rede quando se quer conhecer um parceiro ou amigos, o psicanalista defende que o comportamento é o mesmo do mundo real. “Quando se conhece alguém no mundo físico, é como um baile de máscaras. Você nunca sabe tudo. Mesmo fisicamente, as pessoas fazem cirurgias plásticas.”

Para ele, o jogo de esconde e mostra da internet – tanto na personalidade como fisicamente – faz parte da “parte lúdica”. “Há casais que se conhecem na web e se casam. E outras pessoas que não se conhecem fisicamente, mas mantém uma relação muito real. Não há distinção entre real e virtual.”


OUTRAS MATÉRIAS

Psicanalista faz sessões por Skype e não larga o iPhone

Peça retrata mundo masculino
By estadao

Academia Paulista de Letras Passará por Reformas


O Prédio da acaemia passará por reformas ainda este ano.Paulo ACV

Localizado num terreno de 1.200 metros quadrados, o casarão foi erguido entre 1907 e 1911 pelo italiano Giuseppe Sachetti e apresenta uma arquitetura eclética de toques art nouveau, bem ao estilo da época. O lugar se tornou um marco na capital, até começar a entrar em decadência com a mudança do médico Souza, um intelectual que ajudou a fundar a Academia Paulista de Letras, para o Rio. Passou pelas mãos de vários proprietários e foi adquirido em 1975 pelo INSS, que o vendeu à Companhia Mofarrej dois anos depois. Com o tombamento, em 1984, ficou abandonado

Com o tombamento, em 1984, ficou abandonado. Na metade dos anos 90, o grupo decidiu dar um novo destino à casa. A primeira dificuldade foi encontrar a planta, escondida em arquivos da prefeitura. Algumas surpresas foram surgindo no decorrer da obra, como um emblema próximo à entrada em que se lê Villa Luisa, uma homenagem à rica mulher de Souza. A Companhia Mofarrej colocou o castelinho para alugar (a 25.000 reais por mês) e está estudando algumas propostas, como a de transformar o espaço em um restaurante ou galeria de arte. "A recuperação de uma casa singela como esta conta muito da trajetória da Brigadeiro", diz Helena Saia. "E, por conseqüência, resgata mais um pouco da história de nossa cidade."

Localizado num terreno de 1.200 metros quadrados, o casarão foi erguido entre 1907 e 1911 pelo italiano Giuseppe Sachetti e apresenta uma arquitetura eclética de toques art nouveau, bem ao estilo da época. O lugar se tornou um marco na capital, até começar a entrar em decadência com a mudança do médico Cláudio de Souza, um intelectual que ajudou a fundar a Academia Paulista de Letras, para o Rio

Fonte:http://veja.abril.com.br/vejasp/040603/patrimonio.html

domingo, 10 de maio de 2009

O que estes Cronópios estão inventando agora? dia 17.06.2009 Andréa del Fuego

A escritora Andréa del Fuego (Andréa Fátima dos Santos. Adotou o nome em homenagem à dançarina Luz del Fuego) nasceu em São Paulo. É formada em publicidade, trabalhou como produtora em cinema e revistas. É autora da trilogia de contos “Minto enquanto posso” (2004), “Nego tudo” (2005) e “Engano seu” (2007). Participa das antologias “Os cem menores contos brasileiros do século” e “30 mulheres que estão fazendo a nova literatura brasileira”, entre outras. Publicou também Blade Runner, em 2007, pela editora Mojo Books. Seu segundo livro "Nego Tudo" reúne contos, frases e textos inéditos publicados no blog em que mantém no UOL http://delfuego.zip.net/Dirigiu os curtas "Morro da Garça" e "O Beijo" e "Ela".







O que estes Cronópios estão inventando agora? — você deve estar se perguntando. E nós respondemos: um Programa quinzenal com uma hora de duração, transmitido AO VIVO direto da Livraria Martins Fontes, na Avenida Paulista, em São Paulo.
Sim, é mais uma parceria da Livraria Martins Fontes e do Portal Cronópios. O seu programa nas tardes de domingo.

O formato é uma adaptação para a Literatura do gênero de comédia muito famoso nos EUA, a chamada Stand-up Comedy. Gênero que, também, está fazendo muito sucesso no Brasil. O diferencial é que não queremos fazer necessariamente ninguém rir. Queremos tocar, emocionar, levantar as pessoas.
Para isso o Stand-up Literatura contará com um autor convidado por programa. Ele preparará um set list de textos seus para serem lidos “em pé” (com ou sem música; com ou sem convidados), diante de uma plateia e com transmissão ao vivo pela TV Cronópios. O público participa no local e também por meio de chat na Internet. Após a apresentação o escritor responde a perguntas do público presente e do chat.

Podemos sintetizar o que vai acontecer nestas tardes de domingo como uma série de performances literárias com público presencial e virtual. Cá pra nós, um formato inovador.

Venha participar. Entrada franca.

Local: Livraria Martins Fontes e na Internet através do Portal Cronópios

Endereço: Livraria Martins Fontes Paulista

Avenida Paulista 509 - Cerqueira César – Tel.: 2167-9900

Estação Brigadeiro do Metrô

Estacionamento no local - entrada pela Rua Manuel da Nóbrega

RUBENS FONSECA SAI DA CIA DAS LETRAS

foto de Michel Filho
O QUE TERÁ OCORRIDO, BASTIDORES DO MUNDO EDITORIAL!!!!!!!!!!!!!!



A editora Companhia das Letras acaba de enviar comunicado à imprensa no qual informa que "por decisão comum, deixará de editar as obras de Rubem Fonseca". Segundo a nota, nenhum esclarecimento a respeito deste assunto será prestado pela editora. Quando os livros do escritor se esgotarem, eles estarão disponíveis para publicação por editora da escolha do autor.

A Companhia tem mais de 20 títulos de Fonseca em catálogo, entre eles sucessos como "A grande arte", "Agosto" "Vastas emoções e pensamentos imperfeitos", "Feliz ano novo". Alguns dos títulos também tinham sido lançados em formato de bolso. O mais recente livro do autor lançado pela editora é a coletânea de contos "O romance morreu", de 2007. No momento, segundo fontes do mercado editorial, Fonseca se dedica a um novo romance.

O escritor, que cuida ele próprio das negociações junto a editoras no Brasil, sem a intermediação de um agente literário, se recusa a dar entrevistas há vários anos. A princípio, não possui uma nova casa editorial, o que deverá provocar uma corrida de editoras para publicar sua obra, uma das mais significativas da literatura brasileira contemporânea. No exterior, sua agente literária é a espanhola Carmen Balcells. (foto de Michel Filho; 05-05-2005)

BY http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/

Leite derramado de Chico é matéria do EL PAÍS -MADRID



Livro do Chico é comentado bem na espanha através do Suplemento Cultural do Jornal EL PAIS PACV
EN EL PRIMER párrafo de la solapa de Leite derramado, la nueva novela de Chico Buarque (Río de Janeiro, 1944), la crítica Leyla Perrone-Moisés presenta la obra así: "Un hombre muy viejo está en una cama de hospital. Miembro de una tradicional familia brasileña, desgrana, en un monólogo dirigido a su hija, a las enfermeras y a quien quiera oírlo, la historia de su linaje desde los ancestros portugueses, pasando por un barón del Imperio, un senador de la Primera República, hasta su tataranieto, muchachote del Río de Janeiro actual."
BY http://www.elpais.com.uy/Suple/Cultural/09/05/08/

Termina a 35º Feira do Livro em Buenos Aires



A 35º feira do Livro de Buenos Aires ocorreu sem luxo, mas teve bom balanço de vendas e público mesmo com a perspectiva da gripe.As grandes editoras se destacaram nas vendas e as menores tiveram retraimento .Paulo ACV

La Feria no es una isla", dijo Marta Díaz, la Directora de Ferias de la Fundación El Libro, en un balance de la 35º edición del evento y asegurando que distintas circunstancias externas -desde la crisis internacional hasta la gripe porcina- tiñeron su desarrollo, menos eufórico que durante 2008. Las grandes editoriales facturaron más y vendieron más ejemplares, pero varias de las editoriales no tan masivas sostienen que sus ventas se retrajeron con respecto al año pasado. El público, sobre todo durante la primera semana, también mermó. Horacio García, presidente de la fundación, comentó que según estadísticas parciales, la visita bajó en un 7 por ciento. Sin embargo, García señaló: "El momento no es fácil por eso estamos muy satisfechos con los resultados". Fuera de las cifras económicas, una vez más, cientos de miles de personas se pusieron en contacto con los libros y con sus autores.

Algunas de las cuestiones positivas más subrayadas por la organización fue la convocatoria de las jornadas profesionales de libreros, de expositores y del IV Festival Internacional de Poesía. Daniel Divinsky, director de Ediciones de la Flor, y el escritor Juan Sasturain coincidieron en destacar la presencia de pequeñas editoriales que se agruparon en stands para presentarse en esta edición de la Feria.

Por otro lado, Díaz señaló que una de las cuestiones a mejorar es la divulgación de los eventos que transcurren en el día a día de la Feria. "Más allá de la difusión en los medios, tenemos que trabajar en que ningún visitante se pierda de nada", dijo. La escritora Claudia Piñeiro, quien definió a la Feria como "un gran evento social que funciona como paseo y a la vez atrae a la lectura", señaló que en esta edición hubo menos visitas internacionales que en años anteriores, en lo que coincidió el autor Jorge Fernández Díaz. Ttres de las ausencias, las de los mexicanos Jorge Volpi, Alberto Ruy Sánchez y José Emilio Pacheco, se debieron a la suspensión de vuelos por la alarma de gripe porcina.

El clima, el público, funcionó en forma menos efervescente que anteriormente. Si bien a partir de la Noche de la Ciudad, el jueves 30 de abril, y sobre todo durante los fines de semana, los pasillos estuvieron llenos, se sintió menos ruido, menos movimiento. "La situación no es eufórica en ningún lado, y la Feria no es ajena, sin embargo, noto más entusiasmo acá que afuera", dijo García.

En cuanto a las ventas, Florencia Ure, jefa de prensa de Random House Mondadori, informó que la editorial estuvo un 27 por ciento por encima de 2008, en cantidad de ejemplares vendidos. "La diferencia la estableció (Marcos) Aguinis, el éxito del libro es excepcional", destacó. Ezequiel Mario Martínez, de Grupo Santillana, comentó que el excedente en ventas de ejemplares estuvo entre el 7 y el 10 por ciento, de la mano de Florencia Bonelli y Julio Cortázar. El Grupo Planeta vendió, en dinero, entre un 13 y un 15 por ciento por encima de 2008, según comentó Sergio Maggiaiuolo, director de ventas de la editorial. Carlos Díaz, director editorial de Siglo XXI, señaló que en cuanto a ejemplares, la venta está empatada: "Esperábamos una feria floja, este resultado nos resulta muy bueno". En Cúspide, las ventas de ejemplares estuvieron entre un 5 y un 6 por ciento por arriba del año pasado y en el stand de Ñ, un 17 por ciento por encima.

Sin embargo, en editoriales más chicas el margen de ganancias no funcionó en forma holgada. En la Librería de las Luces se vendió entre un 5 y un 7 por ciento menos de ejemplares que durante 2008; José Lieutier, director de Retórica Ediciones, no dio cifras pero aseguró que vendió menos que el año pasado. "Instalarse en la Feria es un esfuerzo muy grande, venimos a que nos vaya bien, y creo que esta edición anduvo floja, se difundió poco y vino menos gente", dijo. En Capital Intelectual, según su jefe de prensa, Nicolás Abreu, la facturación creció sólo un 5 por ciento y la directora de Marea Editorial, Constanza Brunet, sostuvo: "Estamos conformes con compensar los costos, pero esperábamos más gente, fue una Feria discreta".

Entre el público se destacó el profesionalismo en la organización de los stands y de las charlas, así como la variedad en la oferta. Por otro lado, hubo quienes señalaron que los precios les resultaron altos: Irene Requena, de la Biblioteca Popular de Pringles, comentó que en las jornadas de CONABIP de 2008 había libros hasta un 50 por ciento más baratos que en esta edición. Alfredo Connell, de Mendoza, coincidió en que en muchos casos los costos eran más altos.

Los autores Florencia Bonelli, Soledad Ferrari y Federico Andazahi coincidieron en ver a la Feria como la instancia de encuentro con el lector. "Valoro mucho encontrar a esa persona sobre la que conjeturé tanto", dijo Andahazi.

Casi a punto de que las alfombras de colores se enrollen y los stands se desmonten, la 35 edición de la Feria Internacional del Libro de Buenos Aires llega a su fin. Con activos y con pasivos, con dinámica propia pero sin ser ajena a lo que la circunda. En su próxima edición, adelantó Horacio García, con una presencia fuerte del Bicentenario argentino.
by Revista Ñ http://www.revistaenie.clarin.com/notas/2009/05/10/_-01915389.htm

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Mario Benedetti recebeu alta médica e já se encontra em sua casa



O poeta uruguaio, de 88 años, respondeu "excelentemente ao tratamento médico", indicaram fontes do Hospital de Montevidéo onde esteve internado doze días por complicações intestinais -inflamatoria crónica
Mario Benedetti (Paso de los Toros, 14 de setembro de 1920) é um poeta, escritor e ensaísta uruguaio. Integrante da Geração de 45, a qual pertecem também Idea Vilariño e Juan Carlos Onetti, entre outros

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Encontros Editoriais

Kindle DX Amazon

Jeff Bezos, fundador da Amazon, apresenta o novo Kindle DX em Nova York (Foto: Eric Thayer/Reuters)
A Amazon.com lançou o novo dispositivo, chamado Kindle DX, tem uma tela maior (9,7 polegadas, contra 6 do anterior. O novo produto custa US$ 489, mais caro que o preço de US$ 359 do Kindle original.

A Amazon disse que cinco universidades farão testes utilizando a versão DX mais para o final do ano.

O presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, participou de uma coletiva de imprensa em Nova York junto com Arthur Sulzberger Jr., editor do jornal "The New York Times", na qual anunciou o lançamento do Kindle DX.

Além do "New York Times", o "Boston Globe" e o "Washington Post" também oferecerão a versão DX a um preço reduzido para leitores, onde a entrega dos jornais não está disponível.

O Kindle, que foi atualizado no começo deste ano, permite que os usuários leiam livros, jornais, revistas e blogs em aparelhos de mão. O produto está disponível por enquanto apenas nos Estados Unidos.

by http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1111000-6174,00-NOVO+LEITOR+ELETRONICO+DA+AMAZON+GANHA+TELA+MAIOR+E+PARCERIA+COM+JORNAIS.html

Uruguai vai ensinar português nas escolas públicas a partir de 2010

Uruguai vai ensinar português nas escolas públicas a partir de 2010
Publicado em 22.04.2009, às 16h30
A ministra uruguaia de Educação e Cultura, Maria Simón, anunciounesta quarta-feira (22) que a partir de 2010 o Uruguai ensinará o português como o segundo idioma nas escolas públicas. O anúncio foi feito durante a 12ª Conferência Ibero-Americana de Ministros da Cultura, que está sendo realizada em Portugal. As informações são da BBC Brasil.

Ainda este ano será implantado nos Centros de Línguas, locais onde as pessoas fazem cursos de idiomas estrangeiros gratuitamente, o ensino da língua portuguesa. Além do português, os Centros de Línguas já ensinam o inglês e o francês e alguns também têm aulas de alemão e italiano.

De acordo com Maria Simón, a introdução do português no currículo escolar vai ser uma forma de diminuir o abismo social no país. A ministra afirma que a inserção do idioma ocorrerá de forma gradual. Ela acredita que em cinco anos todos os estudantes uruguaios estarão aprendendo o português e em 11 o idioma será de conhecimento generalizado.

Maria Simón disse que algumas escolas poderão adiantar o processo, pois na nova legislação é reservada uma verba para cada escola por meio dos Conselhos de Participação, nos quais os pais e a comunidade se reúnem para decidir o que fazer.

O governo não pretende contratar professores brasileiros para ministrar as aulas de português, mas oferecer formação para os professores uruguaios.
by JC Recife Pe http://jc.uol.com.br/canal/educacao/noticia/2009/04/22/uruguai-vai-ensinar-portugues-nas-escolas-publicas-a-partir-de-2010-185214.php

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Perda de Mercado MOTOROLA



231 milhões de dólares é a perda da gigante Americana Motorola ultrapssando 194 milhões do mesmo período do ano anterior

O Vencedor Está Só de Paulo Coelho


O Vencedor Está Só , livro, do autor brasileiro Paulo Coelho lidera vendagens na Rússia e Índia, estando entre os mais vendidos nos EUA

domingo, 3 de maio de 2009

Morre Augusto Boal


Inesquecível, inovador, educador homem sério,que projetou o Brasil no exterior com o Teatro do Oprimido.PACV


O corpo do diretor teatral e dramaturgo Augusto Boal, que morreu na madrugada de sábado (2), será cremado na tarde deste domingo no Cemitério do Caju, na Zona Portuária do Rio. Segundo informações do cemitério a solenidade está marcada para começar às 14h.



Segundo informações de parentes, ele estava internado no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. Boal tinha 78 anos e sofria de leucemia.

Boal foi fundador do Teatro do Oprimido. Em março de 2009, Boal foi nomeado pela Unesco embaixador mundial do teatro.

De acordo com o hospital, o diretor foi internado no dia 28 de abril, com quadro de infecção respiratória. O motivo de sua morte foi insuficiência respiratória. Ele morreu por volta de 2h40 de sábado.



Augusto Boal foi uma das grandes figuras do teatro contemporâneo. Formado em química, estudou dramaturgia em Columbia, Nova York.

by Do G1, no Rio

sábado, 2 de maio de 2009

: Ranking de Popularidade

Blogs: Ranking de Popularidade
Por Outros em blogs
A metodologia é simples: de acordo com a posição obtida nos levantamentos publicados, cada blog recebeu uma pontuação. A soma da pontuação é o resultado do Ranking. Por uma questão de equilíbrio e regularidade foram, e serão, somados apenas os pontos de blogs citados pelo menos duas vezes. Por isso, alguns blogs, mesmo com uma boa pontuação, não aparecem no Ranking. Se forem citados novamente nos próximos levantamentos os pontos serão somados. Nos casos de blogs empatados no número de pontos, o critério de desempate é resultado obtido na pesquisa mais recente. O objetivo é traçar um painel da regularidade da blogosfera brasileira dos últimos dois anos e do ano de 2009. A coordenação e realização da pesquisa é do Laboratório de Pesquisas de Opinião Pública e de Mercado/UEG e não tem valor científico.



Ranking

1º — Pensar Enlouquece - 35 pontos
2º — Kibe Loco - 30 pontos
3º — Sedentário & Hiperativo - 22 pontos
4º — Reinaldo Azevedo - 21
5º — Jacaré Banguela - 20 pontos
6º — Blog do Noblat - 19 pontos
7º — Contraditorium - 16 pontos
8º — Daniel Piza - 16 pontos
9º — Favoritos - 14 pontos
10º — Meio Bit - 13 pontos
11º — Ao, mirante Nelson - 11 pontos
12º — Brainstorm - 11 pontos
13º — Catarro Verde - 8 pontos
14º — O Biscoito Fino e a Massa - 5 pontos
15º — Cocada Boa - 3 pontos


Levantamentos

Março de 2009
1º — Sedentário & Hiperativo — 10 pontos
2º — Contraditorium — 9 pontos
3º — Jacaré Banguela — 8 pontos
4º — Ao Mirante, Nelson — 7 pontos
5º — Meio Bit — 6 pontos
6º — Te dou um dado — 5 pontos
7º — Kibe Loco — 4 pontos
8º — Pensar Enlouquece — 3 pontos
9º — Reinaldo Azevedo — 2 pontos
10º — Noblat — 1 ponto

Setembro de 2008

1º — Noblat — 10 pontos
2º — Jacaré Banguela — 9 pontos
3º — Kibe Loco — 8 pontos
4º — Contraditorium — 7 pontos
5º — Meio Bit — 6 pontos
6º — Pensar Enlouquece— 5 pontos
7º — Sedentário & Hiperativo — 4 pontos
8º — O Biscoito Fino e a Massa — 3 pontos
9º — Brainstorm — 2 pontos
10º — Marconi Leal — 1 ponto

Março de 2008

1º — Kibe Loco — 10 pontos
2º — Noblat — 9 pontos
3º — Sedentário e Hiperativo — 8 pontos
4º — Pensar Enlouquece — 7 pontos
5º — Ueba — 6 pontos
6º — Favoritos — 5 pontos
7º — Reinaldo Azevedo — 4 pontos
8º — Jacaré Banguela — 3 pontos
9º — Brainstorm — 2 pontos
10º — Revolução — 1 ponto

Setembro de 2007

1º — Pensar Enlouquece — 10 pontos
2º — Reinaldo Azevedo — 9 pontos
3º — Kibe Loco — 8 pontos
4º — Daniel Piza — 7 pontos
5º — Favoritos — 6 pontos
6º — Josias de Souza — 5 pontos
7º — Ao Mirante, Nelson — 4 pontos
8º — Catarro Verde — 3 pontos
9º — Cocada Boa — 2 pontos
10º — Meio Bit — 1 ponto

Março de 2007

1º — Pensar Enlouquece — 10 pontos
2º — Daniel Piza — 9 pontos
3º — Conversa Afiada — 8 pontos
4º — Brainstorm — 7 pontos
5º — Reinaldo Azevedo — 6 pontos
6º — Catarro Verde — 5 pontos
7º — Blue Bus — 4 pontos
8º — Favoritos — 3 pontos
9º — O Biscoito Fino e a Massa — 2 pontos
10º — Cocada Boa — 1 ponto


by http://www.revistabula.com/materia/-blogs-ranking-de-popularidade-/919

Gay Talese


Gay Talese(77 anos), autor americano, de uma obra revolucionária sobre a vida sexual,usou seu casamento na melhor reportagem de sua vida. É dele um livros mais famosos sobre a revolução sexual nos EUA,“Thy neighbor’s wife” (de 1980

Argentina e Italia crean fondo de 200.000 euros para coproducciones fílmicas

Argentina e Italia crean fondo de 200.000 euros para coproducciones fílmicas
El anuncio fue hecho hoy en el marco del II Encuentro de Coproducción con Italia. La producción El maestro está entre nosotros, del periodista argentino Marcelo Zapata, se encuentran entre las primeras que serán beneficiadas con los fondos de esta iniciativa. El acuerdo también contempla el intercambio de directores de fotografía, especialistas en montaje y técnicos.
El Gobierno argentino anunció hoy la creación de un fondo de 200.000 euros (263.000 dólares) aportados por organismos públicos y privados de Italia para la realización de coproducciones cinematográficas de ambos países.

"Se trata de una iniciativa que reconoce nuestros talentos y nuestra creatividad", sostuvo la presidenta del Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales de Argentina (INCAA), Liliana Mazure, al informar sobre la creación del fondo en el marco del II Encuentro de Coproducción con Italia, que concluye hoy en Buenos Aires.

El acuerdo para la creación del fondo fue refrendado días atrás por el Parlamento de Italia y se espera que en los próximos días sea ratificado por el Congreso Argentino, explicó Mazure durante una rueda de prensa en un hotel capitalino.

"Es un acuerdo fundamental porque al tratarse de coproducciones, las películas obtienen ambas nacionalidades, la argentina y la italiana, lo que se traduce en la obtención de la cuota de pantalla en cada país", destacó la titular del INCAA durante el anuncio, al que también asistieron productores de ambas naciones.

"Traerá beneficios culturales y habrá gran complementariedad. Estas coproducciones pueden alcanzar un nivel excelente, porque le damos prioridad a la calidad del producto que se hace actualmente en Argentina", afirmó Luciano Sovena, presidente del Instituto Luce de Italia.

En este marco, los filmes Toxic jungle, del italiano Gianfranco Quattrini, y El maestro está entre nosotros, del periodista argentino Marcelo Zapata, se encuentran entre los primeros beneficiados por esta iniciativa, por lo que recibirán fondos para su producción.

El acuerdo también contempla el intercambio de directores de fotografía, especialistas en montaje y técnicos.

Fuente: EFE

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Morreu J G Ballard - o homem que inventou o futuro-


El hombre que inventó el futuro
El domingo pasado murió J. G. Ballard. Durante las últimas tres décadas, no hacía falta más que leer sus libros para saber cómo iba a ser el mundo. O, de hecho, cómo era el mundo en el que vivíamos sin que lo viéramos. Anticipó el delirio por las celebridades, el calentamiento global, la muerte del afecto, los countries y los “barrios verticales”. Y aunque se empeñaban en clasificar sus libros como ciencia ficción, reflejó el mundo explorando ese otro espacio en caos y extinción: el interior. Un puñado de escritores lo despiden, cada uno a su manera