domingo, 26 de junho de 2011

Entrega de armas. Por Jc Pe

Pernambuco lidera entrega de armas no País
Levantamento foi divulgado na tarde deste domingo pela Polícia Federal. No Estado, 784 revólveres, pistolas e espingardas já foram entregues pela população
Publicado em 26/06/2011, às 18h38
Do JC Online
Balanço divulgado ontem pela Polícia Federal mostra que o pernambucano aderiu à Campanha do Desarmamento. O posto de arrecadação localizado na superintendência da PF no Recife é o campeão nacional de armas recebidas. Foram 784 revólveres, pistolas e espingardas recolhidos entre os dias 23 de maio e 26 de junho. Em segundo lugar na campanha está a Superintendência da Polícia Federal de São Paulo e a ONG Viva Rio, no Rio de Janeiro.

Para a assessoria de comunicação da Polícia Federal, a população compreendeu o perigo que é ter arma em casa. “A PF credita esta estatística ao entendimento dos pernambucanos com relação ao espírito e importância da campanha do desarmamento e que uma arma em casa pode ser um potencializador de violência, haja vista que uma discussão tola na rua, com vizinhos, no trânsito, de namorados ou até mesmo depressão, pode se transformar numa fatalidade. Além da possibilidade de bandidos, ao saber que existe uma arma em determinada residência, investir no seu roubo, reforçando o arsenal dos criminosos”, destaca nota enviada pela assessoria.

Outro fator que vem impulsionando a entrega de armas é o novo sistema de pagamento de indenizações colocado em prática pelo Ministério da Justiça. Agora, quem leva a arma a um posto arrecadador recebe um senha numérica para resgatar o pagamento em 24 horas, em qualquer caixa eletrônico do Banco do Brasil.

Os valores pagos pelo Governo Federal dependem do tipo de arma e do calibre. As indenizações vão de R$ 100 a 300.

FAO Graziano

O mundo nao acata a de modo tranqüila de Graziano. A FAO, por que será ?
Sua competência bem o confirma e seu trabalho no governo Lula o comprova.
Mas,afinal o Brasil hoje visto com poder atrai a inveja.

O vice-presidente venezuelano desmentiu ontem as notícias que dão conta do estado de saúde “crítico” do Presidente Hugo Chávez.

O vice-presidente venezuelano desmentiu ontem as notícias que dão conta do estado de saúde “crítico” do Presidente Hugo Chávez.

Hugo Chávez está fora do país desde 2 de Junho (Carlos Garcia Rawlins/REUTERS )

Elias Jaua criticou a direita nacional e internacional por estar enlouquecida ao inventar uma suposta deterioração do estado de saúde do Presidente. “Vamos ter Hugo Chávez durante muito tempo”, disse Jaua em declarações transmitidas pela televisão estatal venezuelana. O Presidente “está a recuperar para continuar a batalha”.

Contrariando a notícia do jornal de Miami "El Nuevo Herald", que no sábado citou fontes dos serviços secretos norte-americanos para dizer que o estado de saúde de Chávez é “crítico”, Elias Jaua apontou o dedo aos que “sabem que não podem ganhar umas eleições ao nosso comandante Hugo Chávez e que por isso estão sempre à espera de uma situação para se apoderarem do poder”.

Na véspera, o ministro venezuelano dos Negócios Estrangeiros, Nicolás Maduro, tinha declarado que Chávez estava a travar uma batalha pela sua saúde e pela vida, mas ontem vários membros do governo trataram de contrariar esta notícia.

Andrés Izarra, ministro da Comunicação da Venezuela, utilizou o Twitter para lançar uma curta mensagem que resume a ofensiva do regime para travar as especulações sobre a saúde do Presidente: “Não liguem à canalha. O comandante está a recuperar bem da sua operação”.

A versão oficial das autoridades de Havana e de Caracas é a de que Chávez foi operado de urgência a um abcesso pélvico no passado dia 10 de Junho na capital cubana, onde se encontrava em visita oficial.

Não foram divulgados nenhuns relatórios médicos e os rumores que circulam na Venezuela indicam que o Presidente pode ter um cancro na próstata ou, como defendem algumas figuras da oposição, estar óptimo de saúde, a encenar “um milagre” e um regresso triunfal ao seu país a 5 de Julho, quando se celebram os 200 anos da independência da Venezuela.


Corrigir Provedor do Leitor FeedbackDiminuirAumentar

sexta-feira, 24 de junho de 2011

ap Blonk é um poeta sonoro, compositor eperformer holandês

Jaap Blonk

Jaap Blonk é um poeta sonoro, compositor eperformer holandês, nascido em Woerden em 1953. É um dos nomes mais conhecidos e importantes da produção contemporânea em poesia sonora e poesia em performance na Europa. Estudou física, matemática e música. Começou a trabalhar com poesia sonora na década de 70, ao descobrir aUrsonate (1922–32), de Kurt Schwitters (1887 - 1948). Sua performance da famosa sonata fonética do poeta dadaísta alemão viria a se tornar uma das mais conhecidas e respeitadas, e Schwitters permanece uma de suas maiores influências. Sua poesia sonora afasta-se do textualismo de alguns dos mestres do pós-guerra, concentrando-se na pesquisa primordialmente fonética de dadaístas como Hugo Ball, Raoul Hausmann, Tristan Tzara e o próprio Schwitters, além de poetas sonoros do pós-guerra, como Dick Higgins.

Trabalhou e colaborou com compositores como John Tchicai, Joan La Barbara, Tristan Honsiger e Mats Gustafsson, assim como seus próprios ensembles Splinks e BRAAXTAAL. Estreou com o álbum Baba-Oemf (1989), ao qual se seguiram BRAAXTAAL (1991), Splinks (1992),Flux - De Bouche (1992), Improvisors (1996), Improvisors Vol. 2(1996), Speechlos (1997), Vocalor (1998), Consensus (1998), First Meetings (1999), Averschuw (2001), Dworr Buun (2001), Electric Solo Improvisations (2001), Improvisors, Vol. 3 (2003), Five Men Singing(2004) ou Pre-Zoic Cellways (2005).

Hoy arranca la Feria del Libro Judío

Hoy arranca la Feria del Libro Judío

segunda-feira, 20 de junho de 2011

A GENTILEZA É FEMININA OU MASCULINA?






















O que é ser gentil?
Gentileza é um modo de agir, um jeito de ser, uma maneira de enxergar o mundo. Ser gentil, portanto, é um atributo muito mais sofisticado e profundo que ser educado ou meramente cumprir regras de etiqueta, porque embora possamos (e devamos) ser educados, a gentileza se trata de uma característica diretamente relacionada com caráter, valores e ética; sobretudo, tem a ver com o desejo de contribuir com um mundo mais humano e eficiente para todos. Ou seja, para se tornar uma pessoa mais gentil, é preciso que cada um reflita sobre o modo como tem se relacionado consigo mesmo, com as pessoas e com o mundo.



Estar e ser são a condições do viver.Ainda discutimos questões das diferenças genitais sexuais.
No entanto, somos todos iguais, enquanto ser, posto a condição do trilhar a vida com dificuldades diferentes , face nosso contexto e história.
A gentileza é uma questão simples- de ser- este humano f'rágil que somos e ainda não suportamos isto.
Ser gentil é antes de ser macho ou fêmea-trata-se de ser solidário entre os frágeis humanos, de reconhecer-se a si e nos outros.
Precisamos dos outros, sempre e eternamente, esta é nossa condição!
Sejamos dignos de nós próprios, pela e na gentileza com os outros, pois assim sendo, somos gentis conosco com a vida e com nosso entorno, e com o mundo com os sistemas vitais que nos regem ,como o da natureza.
A gentileza não e bem este NOME, é condição de estar entre outros e no meio deles, seja macho ou fêmea, animal racional ou irracional.A natureza não é gentil, apenas ela é , mas nos abriga, ou a moldamos para isto.
Paulovas

Culpamos as pessoas das quais não gostamos pelas gentilezas que nos demonstram.

Los coros virtuales de Eric Whitacre ya reúnen a miles de voces

Los coros virtuales de Eric Whitacre ya reúnen a miles de voces

La máquina de narrar

La máquina de narrar

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Curso de Pedagogia Noturno na Anhembi

NOVO CURSO DE PEDAGOGIA NOTURNO DA ANHEMBI ESTRÉIA NA VILA OLÍMPIA

A Laureate -Universidade Anhembi Morumbi- ampliando seu leque de mais fronteiras para o aluno abre seu curso de PEDAGOGIA NOTURNO na VILA OLÍMPIA, no segundo semestre do corrente ano de 2011.
Profesores Mestres e Doutores, com salas amplas e Laboratórios para tecnologia aplicada a educação.
Vislumbre Curricular -INOVADOR -em Libras,Arte e Movimento, enfim, grade Curricular inovadora.
Nossos alunos estão no mercado atuando na área em diversas modalidades, seja, na escola ou em Multinacionais aqui, no Brasil, e no Exterior.
Procure a Universidade.

Internet | Estudo mostra que 6 milhões deixaram o Facebook nos EUA e Canadá

Internet | Estudo mostra que 6 milhões deixaram o Facebook nos EUA e Canadá

Literatura | Fórum da Unesco discute a literatura na Era Digital

Literatura | Fórum da Unesco discute a literatura na Era Digital

sexta-feira, 10 de junho de 2011

''As mulheres estão tomando conta de tudo'', afirma Lula

Ao lamentar a saída de Palocci do governo, o ex-presidente Lula aproveitou para opinar sobre as mulheres do mundo contemporâneo. "Foi uma pena. Não é todo país que pode contar com um quadro político competente como Palocci. Mas a Gleisi (Hoffmann) também é excepcional. Estou até ficando com medo, as mulheres estão tomando conta de tudo", respondeu rapidamente na saída de um encontro de catadores de papel, organizado em Curitiba (PR), segundo o portal iG.

Lula evitou polemizar sobre a situação do ex-ativista italiano Cesar Battisti no Brasil. "Não discuto decisão da Suprema Corte", disse o ex-presidente, que no final do ano passado negou o pedido de extradição de Batisti, feito pelo governo italiano.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Palocci cai, mas ortodoxia do BC continua

APUDVVVPor Altamiro Borges

O seleto clube do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central parece que é mais realista do que o rei. Antonio Palocci, o homem de confiança do “deus-mercado”, já dançou, mas mesmo assim o BC se curvou às pressões da oligarquia financeira e voltou a elevar os juros em 0,25%– o quarto aumento consecutivo no governo Dilma Rousseff. Na reunião de ontem, o Copom fixou a Selic em 12,25%, resultando na maior taxa de juro real do planeta.

Queda a inflação e freada na economia

De nada adiantou a queda da inflação nas últimas seis semanas. Segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a alta dos preços refluiu em velocidade e atingiu em maio o menor nível desde outubro de 2010. A inflação do mês passado, de 0,47%, foi bem menor do que em abril (0,77%), graças à queda do preço da gasolina e do álcool forçada por medidas do governo e à redução dos valores das commodities internacionais.

De nada adiantaram também os dados preocupantes de retração da economia, decorrentes da manutenção do tripé neoliberal de juros altos, superávit primário e libertinagem cambial. A produção da indústria paulista, por exemplo, teve queda de 3,8% no último período – no país inteiro, a retração foi de 2,1% entre março e abril. A expectativa de geração de novos empregos também diminuiu em vários ramos de atividade e os empresários já endurecem nas negociações de aumentos salariais.

A violenta pressão do “deus-mercado”

Apesar da queda da inflação e dos sinais de freada na economia, o seleto clube do Copom preferiu ouvir os banqueiros. Antes da reunião, o tal “mercado”, expressão sacana que esconde a gula rentista dos especuladores, já dava como certo o quarto aumento da Selic. A ditadura financeira fez o próprio presidente do BC, Alexandre Tombini, engolir suas palavras. Em recente audiência no Congresso, ele já havia antecipado que a inflação “cairia bem” em maio, sinalizando que os juros não seriam novamente elevados.

A pressão do deus-mercado, no entanto, foi violenta – sempre com o bumbo barulhento da mídia rentista. A própria demissão do ministro Antonio Palocci foi utilizada como desculpa para justificar um novo aumento dos juros, como prova de que a ortodoxia macroeconômica seria mantida e que reinaria a calma no tal “mercado”. Na consulta que o BC faz semanalmente a cerca de 90 instituições privadas, a maioria delas ligadas ao sistema financeiro, a pressão foi explícita por novo um novo aumento da Selic.

Ortodoxia pode “sangrar” o governo

Com a alta dos juros e as medidas do governo de restrição ao crédito, a tendência é da diminuição do consumo interno – como conseqüência, de retração da produção e queda na expectativa de geração de emprego e renda. Além disso, o aumento dos juros eleva a dívida pública, forçando o Estado a manter ou enrijecer os cortes nos investimentos públicos. Os juros elevados também atraem mais capital especulativo, valorizando artificialmente o real – o que prejudica as exportações e incentiva as importações.

Em síntese, a decisão de ontem do Copom é um completo desastre. Serve unicamente aos interesses dos banqueiros, penalizando a produção, o emprego e a renda. A exemplo da crise política gerada pelo ex-ministro Palocci, ela também “sangra” do governo da presidenta Dilma Rousseff, que durante a campanha eleitoral se comprometeu com a queda dos juros e com o desenvolvimento econômico do país. Sendo que, em caso de retração da economia, o "sangramento" pode ser bem pior.

Eduardo Bautista: “Facilitar enlaces a sitios que tienen contenidos ilegales no es una actividad pasiva”

Eduardo Bautista: “Facilitar enlaces a sitios que tienen contenidos ilegales no es una actividad pasiva”

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Wi-Fi pode superar cabo em 2015

Por Tatiana de Mello Dias

O mundo está migrando para o Wi-Fi. As conexões sem fio superarão as cabeadas em 2015. Segundo um estudo da Cisco, os aparelhos Wi-Fi utilizarão 37,2 exabytes de dados ao mês em 2015, contra 37 exabytes das conexões com fio.

O Wi-Fi será responsável por 46,2% de todo o tráfego em 2015 — hoje são 36%. As conexões cabeadas, que hoje correspondem à 63% do total, cairão para 46,1% em 2015.

—-
• Siga o ‘Link’ no Twitter e no Facebook


Clique na imagem para ampliá-la. FOTO: reprodução/GigaOm
As redes móveis ficarão em terceiro, movimentando 6,3 exabytes ao mês. A expectativa, porém, é que elas tenham um rápido crescimento – as operadoras de teelfonia móvel terão que expandi-las consideravelmente para suprir à demanda por banda larga móvel. O tráfego de dados nas redes móveis crescerá 26 vezes no mesmo período em que as outras – via cabos e Wi-Fi – crescerão três e cinco vezes, respectivamente. As redes móveis serão responsáveis por 8% de todo o tráfego em 2015.

O estudo também mostrou que o tráfego global de dados irá de 242 exabytes em 2010 para 966 em 2015. A culpa pelo aumento é o do aumento do consumo de vídeos, que serão os responsáveis por 62% do tráfedo de dados em 2015 (hoje é 40%).

Já as redes P2P devem diminuir. Hoje a troca de arquivos peer-to-peer é responsável por 40% do tráfego de dados, mas em 2015 será de apenas 16%.

—-

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Buenos Aires inaugura ‘Torre de Babel’ de livros















Marcia Carmo












De Buenos Aires para a BBC Brasil

Instalação conta com 30 mil exemplares de 54 países (Foto: Ministério da Cultura de Buenos Aires)

Uma torre de 28 metros de altura, em formato de rampa circular, toda feita de aço e dezenas de milhares de livros, foi inaugurada na quarta-feira em Buenos Aires para marcar a gestão da cidade como Capital Mundial do livro de 2011, título designado pela Unesco.

A obra, batizada de “Torre de Babel de Livros”, é de autoria da artista plástica argentina Marta Minujín, que reuniu mais de 30 mil exemplares de 54 países, inclusive do Brasil, como informou a assessoria de imprensa do governo de Buenos Aires.

“É importante que todos venham (ver) porque esta é uma obra de participação maciça”, disse Minujín.

Para reunir tamanha quantidade de livros, ela contou com edições doadas pelas embaixadas e por moradores de Buenos Aires, que entregaram seus exemplares durante dois meses nas várias livrarias da cidade.

“A ideia foi transformar a torre num veículo da cultura, unificando o mundo através dos livros”, afirmou a artista. Ela disse que a realização da obra foi como “um milagre” artístico que “entrará no imaginário coletivo”.

Espiral

Minujín desenhou a maquete em formato de espiral, e a estrutura foi construída com ferros por operários financiados pela Secretaria de Cultura de Buenos Aires.

A “Torre de Babel”, instalada na Praça San Martín, no centro da cidade, pode ser percorrida por dentro até 27 de maio, quando será desmontada.

Durante um tour guiado, os visitantes ouvem uma gravação com a palavra "livro" dita em vários idiomas. Após o passeio entre livros, eles recebem uma cópia do conto A biblioteca de Babel, do escritor argentino Jorge Luis Borges.

Para que a instalação não seja danificada, o governo decidiu organizar as visitas por grupos. Elas são gratuitas e agendadas no próprio local ou no site da prefeitura de Buenos Aires (http://www.capitaldellibro2011.gob.ar/torredebabel/).

A visitação está aberta ao público entre 10h e 22h – hora em que a torre fica completamente iluminada, mostrando o colorido das capas das diferentes edições. De acordo com o secretário de Cultura, Hernán Lombardi, a construção era um “sonho da artista”, que começou a alimentar o projeto nos anos 1980.

‘Celebração das palavras’

“Esta maravilhosa Torre de Babel de Livros ficará na memória de todos os portenhos (os nascidos em Buenos Aires) e marcará como celebramos as palavras e as artes plásticas”, disse Lombardi.

A coleção de livros reúne romances, contos, poesias, histórias e reportagens, entre outros. Segundo a Embaixada do Brasil, foram doados 200 livros brasileiros.

Antes da mostra, o governo da cidade realizou um inventário dos exemplares que compõem a obra e plastificou um por um, para protegê-los durante a exposição.

Quando a mostra terminar e depois que parte dos livros for entregue aos visitantes, os exemplares restantes serão levados para uma biblioteca portenha para compor o acervo da Primeira Biblioteca Multilíngue da Cidade de Buenos Aires.

Ricardo Piglia ganó el Rómulo Gallegos

Por su novela Blanco Nocturno, se quedó con la XVII edición del premio, el más prestigioso de América latina. El ganador se conoció hoy, en Caracas, y entre los finalistas hubo seis argentinos.
CLIQUE NO TÍTULO ELEIA MAIS